"QUEM QUISER REFORMAR O MUNDO COMECE POR SI MESMO"
Powered by Google TradutorTradutor

Notícia > 03 de Junho, 2017

Bispo de Cachoeiro do Itapemirim evidencia a missão de evangelização de São José de Anchieta

Dom Dario Campos, OFM, celebrou na noite desta sexta-feira (2), o terceiro dia da Novena em honra ao Padroeiro do Brasil. A Festa Nacional de São José de Anchieta acontece até o dia 18 de junho

O Bispo de Cachoeiro de Itapemirim, Dom Dario Campos, OFM, presidiu pela primeira vez, o terceiro dia da Novena em louvor a São José de Anchieta, na noite desta sexta-feira (2), com a participação da equipe de canto do Santuário.
Durante a Celebração, o Bispo fez um breve relato sobre a sua trajetória de vida, desde o seu nascimento no interior de Castelo, sua mudança para o Rio de Janeiro, onde ficou até os 19 anos até sua ida para Minas Gerais, onde foi ordenado Bispo. Com 43 anos foi para Leopoldina e sete anos depois voltou para Cachoeiro do Itapemirim.

Ao comentar sobre as leituras, o Bispo ressaltou que se aproxima a Solenidade de Pentecostes, no domingo (4), no qual recebemos o Espírito Santo. “Seremos perseverantes se nos deixarmos guiar por Jesus de Nazaré”.

O Bispo lembrou que é um momento de profunda oração dos cristãos ao Divino Espírito Santo. E para que a missão seja continuada tem que haver o amor verdadeiro. “Jesus confia a Pedro que cuide das ovelhas, das pessoas e da Igreja de Jesus, que brilha pelo amor ao próximo, que as pessoas se amem e que seja de modo recíproco”. Falou também sobre o exemplo e o carinho que o Papa tem pelo abandonados e pelos pobres. “O Papa construiu uma lavanderia para que os pobres pudessem lavar suas roupas”.
Ainda disse que a Solenidade Pentecostes abre o coração e São José de Anchieta fez com que a missão chegasse a nós, porque tinha o amor no coração e sua vida guiada pelo Espírito Santo.
“Dizer que amamos Jesus é fácil, mas nós temos que demonstrar isso, fazendo o bem, ajudando as pessoas e seguindo os ensinamentos de Cristo. Que as pessoas possam ver a cada um de nós como seguidores de Cristo e a união verdadeira se dá pelo amor”.
Em outro comentário de sua homília, Dom Dario evindeciou a missão de evangelização de São José de Anchieta. "O sacerdote foi declarado o Padroeiro dos Catequistas. Ele entra na vida do povo indígena, aprendendo para ensinar a gramática para seus irmãos. O que você for fazer, se for um trabalho, cuidar dos filhos, ser mãe ou pai, o que você fizer na vida que seja realmente de corpo e alma. Foi São José de Anchieta que trouxe o Evangelho para Anchieta, sempre lutando para que os indígenas também fossem considerados como filhos de Deus, porque somos todos humanos. São José de Anchieta não queria ver ninguém parado, então temos que seguir os passos dele, ir ao encontro uns dos outros”
Ao final da Celebração, o Reitor do Santuário, Padre Cesar Augusto dos Santos, SJ, presentou o Bispo com uma imagem de São José de Anchieta, que recebeu a homenagem muito emocionado e agradecido por estar presente neste momento especial.

Entrevista com o bispo

Antes da celebração, Dom Dario Campos conversou com a equipe do Santuário, ressaltando o misericordioso trabalho de evangelização do Padroeiro do Brasil.
"Padre Anchieta trabalhou no solo capixaba, conheceu esta terra, pisou neste chão, respirou este ar, bebeu desta água, se alimentou destes peixes, dos palmitos desta terra, então é alguém que tem muito a nos  transmitir, pois viveu as alegrias e as angústias do nosso povo capixaba".
Sobre a devoção a São José de Anchieta, que ultrapassa as fronteiras do Espírito Santo, Dom Dario disse: "Todo aquele homem de Deus ou mulher de Deus que se consagra e se coloca a serviço do povo ultrapassa os limites, porque Deus é sem fronteiras. E neste terceiro dia da Novena, nos preparando para o grande dia 9 de junho, penso que o povo traz essa grande devoção e pra mim, hoje, a grande mensagem de celebrar São José de Anchieta é lembrar uma frase de Francisco, que ele pede muito a todos nós uma Igreja em saída, que já se dava com Anchieta, quando deixou sua terra e veio para o Brasil. Ele é um homem que não se fechou no seu país, no seu mundo, no claustro de um convento, mas veio e se lançou em terras estranhas com o povo brasileiro".
Ao final, Dom Dario pede a intercessão de São José de Anchieta para o povo capixaba. "Nesse momento tão difícil, tão crítico que estamos passando no Brasil, peço a São José de Anchieta que interceda a Deus, por nós e principalmente pelo Espírito Santo, que é um estado tão marcado pela violência, pela desigualdade, pela falta de saúde, pela falta de educação básica. É muito importante que São José de Anchieta, que foi um catequista, que levou a Palavra de Deus, nos ajude a vencer e não perder a esperança, e que sigamos evangelizando no amor de Jesus Cristo".

Amex/ colaboração Mireli Bravin

Confira as fotos do 3º dia da novena em honra a São José de Anchieta:

 


3º Dia da Novena - Festa Nacional de São José de Anchieta 2017