"QUEM QUISER REFORMAR O MUNDO COMECE POR SI MESMO"
Powered by Google TradutorTradutor

Notícia > 19 de Fevereiro, 2018

Santuário Nacional de São José de Anchieta recebe novo reitor

A celebração de posse acontecerá no dia 24 de fevereiro, às 17h, com Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Vitória, Dom Luiz Mancilha Vilela.

O Santuário Nacional de São José de Anchieta acolherá o Pe. Nilson Maróstica, SJ, como seu novo reitor. A celebração de posse acontecerá no dia 24 de fevereiro, às 17h, em Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Vitória, Dom Luiz Mancilha Vilela. 

No dia 25 de fevereiro, na celebração eucarística das 10h30, será realizada a Missa de despedida do primeiro reitor do Santuário, Pe. Cesar Augusto dos Santos, SJ, que esteve à frente da Reitoria, durante três anos, promovendo a propagação de São José de Anchieta, organizando e implantando uma nova forma de trabalho. “Foram três anos à frente do Santuário Nacional, uma instituição que vai fazer com que a cidade de Anchieta cresça na espiritualidade, na religiosidade e no turismo, algo que consequentemente vai aquecer a economia. No final de semana da posse do novo reitor, iremos distribuir um folheto com a prestação de contas do triênio, de 2015 a 2017, onde as pessoas poderão conferir todas as ações desenvolvidas nesse período”, explica Pe. Cesar.

Após a finalização dos seus trabalhos, em Anchieta, Pe. César segue para São Paulo, no Colégio São Luis, onde se dedicará aos estudos e a colocar no papel suas expectativas. Além disso, ele irá aprimorar o estilo de dar retiros, além de ter uma atenção voltada para o Cescofe, uma obra que a Companhia de Jesus criou no ano passado, em Campinas (SP), voltada para os exercícios espirituais e o diálogo entre fé e cultura.

Sobre o novo reitor, Padre Cesar conta que já teve oportunidade de trabalhar junto com Pe. Nilson no Colégio São Luís, e destaca a importância da chegada dele no Santuário.  “Pe. Nilson, já ocupou muitos cargos importantes na Província, sendo responsável pelo nosso escolasticado. Foi pároco da paróquia São Luis, em São Paulo (SP) e pároco de Santa Genoveva, em Goiânia (GO).
É um homem experiente, que também gosta muito das artes e de trabalhar com cera, alguém que está sempre disposto a colaborar. Pe. Nilson sai do Centro Cultural de Brasília (DF), e chega no Santuário, onde além do aspecto religioso, também possui o aspecto cultural”, disse Pe. César.

Vida e vocação de Pe. Nilson

Padre Nilson é natural do distrito de Sousas, no interior do Estado de São Paulo, município de Campinas. Porém, foi criado na cidade de Valinhos, também no Estado de São Paulo.
De 1993 a 1996, Padre Nilson foi Diretor da Comunidade Vocacional, em Juiz de Fora (MG).
Depois da Comunidade, fez mestrado em Teologia da Espiritualidade na Universidade de Comillas, em Madri, na Espanha, até 1998. Após esse período, fez a Terceira Provação, em Salamanca, na Espanha. Retornou ao Brasil em 1999, quando realizou o Retiro do Colégio dos Jesuítas, em Juiz de Fora (MG), e de 2001 a 2007, o Retiro dos Teólogos, em Belo Horizonte (MG).
Em 2007, foi para São Paulo, atuar como pároco da igreja de São Luis Gonzaga, onde permaneceu até 2011. Dentro desse período, em 2010, se tornou Sócio da Província BRC dos Jesuítas, até o ano de 2012. De 2012 a 2017, foi Superior dos Jesuítas, em Goiânia (GO), e Pároco na Paróquia Santa Genoveva, em Goiânia (GO). De 2017 a 2018, atuou como Diretor do Centro Cultural Brasília (DF).

 

 

 

 

Por: Amex/ Comunicação Santuário Nacional